O Quadrikomics tem como objetivo reunir em um só local os scans de revistas em quadrinhos publicadas no Brasil, pelas saudosas editoras : Bloch , EBAL , Paladino , RGE , Record , Vecchi , Globo , Abril e Outras.

sábado, 14 de abril de 2018

Fantar

Fantar surgiu em 1967 e é considerado o primeiro anti-super-herói brasileiro. Lembrando o “Príncipe Submarino” e “O Incrível Hulk”, da editora Marvel, ele era um homem-peixe esverdeado que queria destruir os habitantes da superfície. Fugia do esquema “bom mocinho bonitão” que vinha desde os tempos do Capitão Sete, nos anos 50. Fantar era feio, escamoso, gigantesco, anti-social e não morria de amores pela humanidade. 

Fantar foi dotado com inteligência pífia, máquina de destruição cheia de ódio inexplicável, por isso ele parece o Hulk dos velhos tempos. E com potência espantosa: a cada ataque atômico que recebe, não só não fica ferido como cresce em tamanho e força. E só pôde ser impedido graças a uma certa gosma inventada pelo Dr. Branny. A história termina em suspense: terá perecido o Fantar? Só se as vendagens fossem muito baixas.

A revista “Fantar” durou quatro números. De acordo com Edmundo Rodrigues, em entrevista para a revista “Mundo dos Super-Heróis” 36, a publicação não foi adiante porque a GEP não tinha “paciência para esperar o projeto vingar, que é de quatro meses. Achavam que os títulos não eram vendáveis. O que não é verdade, pois nisso eu tenho experiência”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caros Amigos

Por favor usem os comentários apenas para assuntos relacionados ao blog ou a postagem.

Favor informar sobre links quebrados acessem o link " LINKS QUEBRADOS " no topo do Blog